Participação de tecnólogos em concursos públicos pode ser garantida em lei


 

Da assessoria do deputado Geraldo Vinholi
 
Geraldo Vinholi (PSDB) apresentou na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei 18/2011, que assegura a participação em concursos públicos para cargos, empregos ou funções administrativas na esfera pública estadual direta ou indireta a todas as pessoas com formação em cursos superiores de tecnologia ou de curta duração, reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC).
Vinholi verificou que tecnólogos reclamam da impossibilidade em participar de concursos públicos de empresas estatais, que em seus editais não contemplam candidatos com essa formação.
Em sua justificativa, ressalta que o governo do Estado tem investido muito na ampliação de cursos superiores de tecnologia em vista da crescente demanda dessa mão de obra. Um exemplo disso é o Centro Paula Souza que administra 49 Faculdades de Tecnologia (Fatecs) que ministram 55 cursos de graduação tecnológica e que estão entre as melhores instituições de ensino superior do Estado, de acordo com o Índice Geral de Cursos do MEC. Lembra ainda que diversos cursos estão passando por uma atualização para se adequar ao Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia, também elaborado pelo MEC.
As empresas privadas seguem o caminho inverso, contratam tecnólogos para seu quadro de funcionários, em alguns casos, antes mesmo do término do curso. Acredita-se que haja, por parte de algumas empresas estatais, certo tipo de preconceito, falta de conhecimento dos responsáveis pela elaboração dos editais, ou até mesmo para enquadrar os tecnólogos em categorias ainda não existentes.
Segundo o MEC, os cursos conhecidos como tecnólogos, desde que surgiram em 2000, cresceram 985%. Esse diploma dá ao estudante a formação em curso superior com certa especificidade, porém com os mesmos direitos que o bacharelado ou licenciatura.
“Este é um esforço que devemos fazer no sentido de incluir e oficializar o tecnólogo em empresas estatais, assim como fazem as empresas privadas absorvendo essa mão de obra qualificada e tão adequada às necessidades do mercado de trabalho atual”, completa Vinholi.

 

Sobre Gustavo Lima

- Marketing pela Faculdade Integrada do Ceará; - Especialista em Comércio Eletrônico - Gestão de E-commerce (Internet Innovantion) - Marketing Digital pela Internet Innovation; - Professor das disciplinas Gestão Aplicada e Ética - WebExpert de Google AdWords - Twitter: @gustavolimamkt

Publicado em fevereiro 16, 2011, em tecnólogos e marcado como . Adicione o link aos favoritos. 9 Comentários.

  1. Brilhante esse Projeto de Lei. Meus parabéns ao deputado Geraldo Vinholi!!
    Faltava alguém de pulso que tomasse frente nessa questão!!!
    Deixei de participar de muitos concursos porque nos editais não contemplam candidatos com essa formação.

    • Eli Sander, a participação dos tecnologos em concurso público é fundamental, até para ver se acaba mais essa burocracia e aumenta o profissionalismo do serviço público!

  2. Boa noite Gustavo Lima.
    Tenho 18 anos e estou pensando em fazer um Tecnólogo em Marketing, já li várias matérias em vários blogs sobre o assunto, e realmente estou na dúvida: se faço ou não o Tecnólogo, pois achei mais interessante o Marketing do que a Administração, por exemplo. No Marketing, atuarei na parte da “administração” que me interessa mais (pois também gosto da parte relacionada a Publicidade), e acho que esse Tecnólogo em Marketing relaciona-se mais com essa área. Tenho uma duvida: como está o atual mercado de trabalho para os formados em Tecnólogos em Marketing? Moro em Canoas no RS e gostaria que me tirasse essa dúvida, se possível. Obrigado

    • Mauricio, para lhe falar bem a verdade eu sai de um bacharel para ir para um tecnologo. Me deu bem mais poder como profissional e não senti de forma alguma que faltaram oportunidades para mim por conta disso. Amo minha profissão e não me vejo fazer outra coisa. Vá em frente, pode fazer o tecnólogo!

      • Obrigado pela dica Gustavo, realmente estava (e estou um pouco ainda) com essa dúvida. Dei uma olhada em vagas para estagiário nessa área aqui na região de Porto Alegre e a remuneração não é muito boa…Será que depois de formado o salário aumenta significativamente? (sei que isso depende da empresa e tudo mais, mas saberia me dizer uma media salarial de um Tecnologo em Marketing?)
        Obrigado mais uma vez pela atenção!

    • Amigo faça tecnológo em administração muitas ofertas de cargos, marketing não aparece em nenhum concursopúblico. Sou graduado com tecnológo em gestão em marketing, pós graduado em gestão de recursos humanos, só aprovetei na minha empresa. Vou começar um novo curso. Sucesso!!!

  3. luis eduardo r vasques

    estou formando em um curso tecnólogo em marketing,gostaria de saber se há vagas em concursos publicos direcionadas para formandos em marketing?

  4. Gustavo, nunca tinha lido esta matéria e dado uma visita como esta. Olha, sou formada em Marketing e sei como a caminhada é longa e “dura”. Acho que nós tecnólogos temos os mesmo direitos de todos profissionais de nível superior. Só que isto não ocorre e ainda não somos vistos como deveríamos. Sabe o que sinto necessidade, chega a ser até um sonho, ter uma associação, conselho, enfim algo que pudesse gerar garantias, melhores condições e maior reconhecimento desta linda profissão linda. Agora sempre estarei por aqui. Gostei demais das matérias e do blog, parabéns!

  1. Pingback: Tweets that mention Participação de tecnólogos em concursos públicos pode ser garantida em lei « Gustavo Lima – Marketing Digital & Comércio Eletrônico -- Topsy.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: