Internet: como mostrar a sua força!


Para pedir instalação de ar-condicionado nas salas de aula, alunos usaram roupas de praia e chamaram a atenção, ontem pela manhã

Cansados de reclamar do calor “infernal” dentro das “saunas de aula”, 40 estudantes da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) protestaram ontem em frente à reitoria da instituição, no bairro da Boa Vista. Eles pediram a instalação imediata de aparelhos de ar-condicionado nas salas, uma reclamação antiga dos alunos.


Irreverência e criatividade dos estudantes marcaram o ato. Abaixo, o pró-reitor comunitário da Unicap, Fernando Lapa, recebeu um picolé dos manifestantes. Fotos: Cecília de Sá Pereira/DP/D.A Press

Bem-humorados e vestidos com trajes de banho, alunos de publicidade, direito e jornalismo chamaram a atenção de quem passava pela Rua do Lazer. Para completar o clima caliente, os manifestantes levaram isopor com picolé, água de coco, protetor solar, bonés e cartazes com dizeres como “Não dá para estudar com esse calor”.

O protesto de ontem já vinha sendo anunciado desde o dia 20 de maio, quando os alunos de publicidade Thiago Lira e Antônio Dias postaram o vídeo “Nós verão” no site http://www.youtube.com. Nele, ambos aparecem andando pelos corredores da universidade de cueca samba-canção e camiseta regata, “uniforme” mais apropriado para enfrentar o calor nas salas. O vídeo é um sucesso, com maisde 60 mil acessos na grande rede. “Esperamos chamar a atenção da reitoria para o calor que estamos passando, que atrapalha nosso rendimento em sala e incomoda também os professores. Alguns alunos chegaram a passar mal nas aulas que acontecem das 11h às 13h”, garantiu a estudante de direito e presidente do Diretório Central do Estudantes (DCE), Camila Áurea.

Ela informou que o reitor padre Pedro Rubens de Oliveira prometeu ao DCE, até o fim de abril, aumentar o número de ventiladores, aplicar película fumê nas janelas e cortinas para aplacar o calor em sala. Nada disso foi feito. “O lucro líquido da Unicap em 2008 foi da ordem de R$ 5,7 milhões. Dinheiro para colocar ar-condicionado nas salas o reitor tem. Basta querer iniciar o projeto”, disse Camila. Ela afirmou que o calor é inadmissível, ainda mais porque a instituição particular cobra mensalidades de até R$ 1,1 mil. “Realmente, todos os dias recebemos reclamações dos nossos alunos”, afirmou uma funcionária que trabalha no departamento do curso de turismoe pediu para não ser identificada temendo retaliações.

Após os protestos na Rua do Lazer, o grupo seguiu até a reitoria, cantando paródias de músicas conhecidas como É o Amor, de Zezé de Camargo e Luciano, e Paciência, de Lenine. Os alunos foram recebidos pelo pró-reitor comunitário da Unicap, Fernando Lapa, já que o reitor está no México, participando do Encontro de Reitores da América Latina. O pró-reitor recebeu um picolé dos manifestantes. “Nós encaramos o protesto de forma tranquila. As reivindicações deles atingem toda a comunidade acadêmica e nós já estamos tentando resolver. Desde o ano passado a instituição vem buscando recursos para climatizar as salas”, informou. Lapa disse que as licitações ainda não começaram, mas marcou uma nova reunião com os alunos para a próxima quarta-feira, no auditório do bloco G, às 11h.

Análise – A assessoria de imprensa da Unicap informou ao Diario que o projeto de climatização da universidade está sendo analisado pelos bancos Itaú e Banco do Brasil, a fim de angariar recursos junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). No documento, a instituição afirma que o projeto já está protocolado. No bloco G, está prevista a climatização de todas as salas que ainda não dispõem de ar-condicinado até o fim do segundo semestre deste ano. No bloco A, a conclusão da climatização deve ocorrer no ano que vem. Ainda neste mês a Unicap apresentará o projeto para o bloco B a uma instituição internacional de apoio à educação. A universidade também está analisando a climatização do seu bloco D. Em todos os projetos, serão levados em consideração aspectos como tecnologia adequada e harmonia com o meio ambiente.

http://www.diariodepernambuco.com.br/2010/06/03/urbana9_0.asp

Sobre Gustavo Lima

- Marketing pela Faculdade Integrada do Ceará; - Especialista em Comércio Eletrônico - Gestão de E-commerce (Internet Innovantion) - Marketing Digital pela Internet Innovation; - Professor das disciplinas Gestão Aplicada e Ética - WebExpert de Google AdWords - Twitter: @gustavolimamkt

Publicado em junho 24, 2010, em Internet. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: